O leite gordo, o preço também. Novo vídeo da comissom de língua da Gentalha

12 de Julho de 2013

 

No trânsito para a vida moderna, som numerosíssimos os termos galegos que estám a ser substituídos por outros castelhanos. Eles denominam as mesmas noçons, mas em diferentes contextos, e por essa razom pode haver pessoas que pensem que se trata de realidades diferentes, mas nom é assim e a prova é que o português costuma reutilizar esses vocábulos de sempre para nomear os produtos evoluídos. Em muitos casos, como vassoura (por escova) ou pêssego (por melocotom) as palavras galegas já som ensinadas corretamente na escola. Porém, em muitos outros nom é assim, e isso acarreta que para a maioria de nós a palavra escadas já só seja a manual ou a lareira seja unicamente a das cozinhas antigas (em vez destas palavras nas escolas ensina-se escaleiras ou chaminé).

O caso de leite gordo é só mais um exemplo. No trânsito da vida rural para a urbana, do autoconsumo para o produçom industrial, a palavra galega foi substituída pola castelhana (lecha entera) nos pacotes de leite e o galego ensinado nas escolas acabou por adaptar esta última (leite inteiro).

Neste vídeo mostramos com apenas um pequeno passeio entre produtores e produtoras de produtos leiteiros no mercado de Compostela como a denominaçom tradicional ainda está mui viva e devemos recuperá-la. Contamos com muitas mais gravaçons em aldeias, para quem tiver interesse no tema. Ajuda-nos a divulgar este vídeo, ajuda-nos a dignificar o galego.

Este vídeo quisemos dedicá-lo à justa luita dos nossos labregos e labregas por um preço justo para os seus produtos.

Etiquetas: ,