Cursos e monográficos 17/18!

10 de Setembro de 2017

Ja temos a nova fornada de cursos. Tedes português, catalam, foto, capoeira, teatro, laboratório de movimento, dança, gaita, pandeireta, percussom tradicional, acordeom, requinta e guitarra.
Nos MONOGRÁFICOS  de outuno podedes escolher entre ediçom de vídeo, cozinha vegana ou a afinaçom no canto tradicional galego.

Embaixo tedes toda a informaçom!

CURSOS 2017

CURSOS DO PICHEL 17/18:

A associaçom cultural a Gentalha do Pichel é um projeto autogerido, que se sustenta a partir do trabalho, ativismo e achegas económicas das pessoas associadas. Os cursos, além de serem um espaço de convívio e aprendizagem, som umha ajuda económica para manter o centro social, por isto pedimos o teu compromisso à hora de fazer o pagamento no início de cada mês.

Sem matrícula. Depósito dumha mensalidade a maiores a começo do curso que será devolta no caso de avisar com um mês de antecedência da baixa do curso. O pessoal que fique até o fim do curso nom terá que pagar o último mês graças a este depósito.

Preço por mês. Desconto de 2€ no preço do curso para pessoas associadas, desempregadas (deve acreditar-se) ou que frequentem mais dum curso.

Mínimo de inscriçons para um curso começar: 3/4pessoas.

Com inscriçom prévia em gentalha@gentalha.org

Dúvidas e esclarecimentos em gentalha@gentalha.org ou no 698142936 (de 19h a 22h)

DE MANHÁ

  •  Canto e Pandeireta.

- Iniciaçom. Segundas-feiras de 11h15 a 12h15. Começo no 2 outubro. Preço 16€

- Intermédio. Segundas-feiras de 12h30 a 13h30. Começo no 2 outubro. Preço 16€

As aulas de pandeireta e canto virám da mao de Carme Iglesias, integrante das Pandeireteiras Bouba, da Pontragha. As pessoas velhas da comarca, de quem aprendeu a música, estám presentes no seu modo de tocar e ensinar. De Tordoia portas para fora… Começa a rota da pandeireta!

  • Gaita, requinta e percusom (tamboril e bombo).

Quintas-feiras de 10.30h a 11.30h. Começo 5 de Outubro.  Preço 20€. Todos os níveis.

No curso fará-se umha aproximaçom à técnica do instrumento e aprenderemos algumhas peças. O curso irá da iniciaçom ao aperfeiçoamento, trabalhando ouvido, afinaçom e linguagem musical, com as noçons básicas de teoria e leitura aplicadas à prática da música tradicional. O professor será David Canto, gaiteiro iniciado na música tradicional na comarca da Marinha, para depois receber formaçom em gaita, percussom e requinta e flautas travessas em aCentral Folque e no Conservatório, do que possui o Grao Professional em Gaita Galega.  Integra o grupo “Do Fondo do Peto” e tem colaborado nos últimos discos de Os Cempés e Kepa Junquera.

  • Iniciaçom à dança tradicional. Número mínimo de participantes: 6 pessoas

Quintas-feiras de 12h30 a 13h30. Começo  5 deOoutubro. Preço 15€. Número mínimo de participantes: 6 pessoas.

Estas aulas estám pensadas para todas aquelas pessoas que desejam participar com soltura nas festas e foliadas. Vamos a aproximar-nos ao básico da dança tradicional, botando umhas “bailas” ao som dos principais ritmos da música galega. A encarregada será Claudia Fidalgo, que começou a dançar de pequena nas escolas da sua terra, passou por agrupaçons da cidade, e segue formando-se a diário com as melhores mestras da Comarca.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco

Quintas-feiras de 11h30 a 12h30. Começo 5 de Outubro. Preço 15€. Número mínimo de participantes: 6 pessoas.

Se passaste por iniciaçom e queres continuar a aprender pontos para divertir-te nas foliadas este é o teu curso. Será com Fuensanta Nieto, vizinha de Compostela, que bailou em diferentes agrupaçons folclóricas da comarca. Também fijo algum trabalho de campo por diferentes lugares da Galiza para aprender, de primeira mao, as diferentes maneiras de bailar dos e das nossas velhas.

À TARDE

  • Dança tradicional para quem nom sabe nada (Iniciaçom)

Quartas-feiras de 20h a 21h.  Começo 4 de outubro. Preço 15€.

Ensinada por Chus Caramés, que há décadas que anda no baile galego. Começa de mui novinha na agrupaçom folclórica da sua terra natal e a dia de hoje continua aprendendo da man das nosas pessoas velhas e em festas e foliadas. Além de bailadora e pandeireteira, é a organizadora dum evento muito importante para a música tradicional do país, “os Encontros de Música Tradicional de Carvoeiro”.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisquinho (Intermédio I)

Terça-feiras de 20h15 a 21h15. Começo 3 de outubro. Preço 15€

Se já foste um aninho a dança e mais ou menos lembras o básico, este é o teu curso! Aqui afiançarás o aprendido e darás umha volta para continuares a desfrutar das festas e foliadas. Quem te ajudará é umha rapariga que sabe disso. Carme Campo aprendeu os primeiros pontos no Porrinho, aperfeiçoou-nos num grupo de Compostela e agora mantém-se aprendendo no dia a dia, em seráns e festivais de música tradicional.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco (Intermédio II)

Terça-feiras de 19h15 a 20h15. Começo 3 de outubro. Preço 15€

Se tes dominados os movimentos mais básicos e queres afondar um chisco mais e de jeito mais rápido nos movementos da dança que adoitam sair nas festas e foliadas, e se tes vontade de aprender a complicá-los um pouco mais, prova neste curso! Quem te ajudará é umha rapariga que sabe disso. Carme Campo.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco mais (Aperfeiçoamento)

Segundas-feiras de 22h a 23h. Começo 2 de outubro. Preço 15€

Com Fuensanta Nieto aprenderemos alguns bailes de diferentes zonas para podermos continuar a participar ativamente em festas e foliadas, além de aperfeiçoar as técnicas do baile que já temos aprendidas doutros anos.

  •  Pandeireta Iniciaçom

Segundas-feiras. Iniciaçom de 20h a 21h. Começo 2 de outubro. Preço 15€.

Nas aulas aprenderemos a tocar os ritmos básicos da música tradicional galega, centrando-nos na técnica e no acompanhamento a outros instrumentos. Aitana Cuétara, a professora, está acompanhada pola música tradicional desde 1997. Começou sob a direçom do mestre Lolete, primeiro como gaiteira e logo já como percussionista, passando depois por outras agrupaçons e formando-se com diferentes músicos. Desde há quinze anos leciona aulas regulares e cursos intensivos na Galiza e fóra.

  • Gaita, Requinta e Percussom (Tamboril e bombo). Iniciaçom e Aperfeiçoamento.

-          Aperfeiçoamento: Segundas-feiras, 18-19h. Começo 2 de Outubro. Preço 20€.

Este curso destinara-se ao aprendizagem dum repertório comum e arranjado para a interpretaçom em distintos formatos de agrupaçom.

-          Iniciaçom:  Quintas-feiras de 17h a 18h30. Começo 5 de Outubro. Preço 20€.

Este curso centrara-se em adquirir as destrezas básicas do instrumento, desde quem nunca tocou até quem se tem iniciado e deseja retoma-lo.

* Com David Canto. Ver informaçom nos cursos de Manhá.

  • Acordeom diatónico e piano.

Quintas-feiras de 17h a 19h.  As aulas seram de 1 hora a escolher por cada aluna/o neste horário (ou de 17h a 18h, ou de 18h a 19h). Começo no 5 de outubro. Preço 22€.

Neste curso explicaram-se diversos elementos de técnica interpretativa e daram-se exercícios  práticos  adaptados ao nível e evoluçom de cada aluno/a. O repertório impartido centrará-se, fundamentalmente, em peças tradicionais galegas, fazendo ênfase nas próprias do acordeom e do canto, ainda que também se incluiram peças tradicionais doutras partes do mundo. A falta de instrumento ou de conhecimento musical nom é um
impedimento para a assistência às aulas. O professor será Alberte Núñez Martínez quem se iniciou no mundo do acordeom da mao de Brais Maceiras depois de ter estudado piano no Conservatório Profissional de Música da Corunha. Assistiu a diversos encontros e cursinhos ofertados por grandes acordeonistas como Pedro Pascual, Cati Plana ou Xuan Nel Expósito. Toca nos grupos Sessión Vermú, Dúbida Duo e Os Viqueiras, e colaborou com Tiruleque ou os Tres Trebóns. Atualmente dá aulas de acordeom em diversas associaçons e intervêm em homenagens e concertos didáticos sobre o instrumento.

  • Canto e Pandeireta.

Intermédio: segundas-feiras de 19h45 a 20h45. Começo 2 de outubro. Preço 16€

Avançado: segundas-feiras de 21h a 22h. Começo 2 de outubro. Preço 16€

As aulas de pandeireta e canto virám da mao de Carme Iglesias, integrante das Pandeireteiras Bouba, da Pontragha. As pessoas velhas da comarca, de quem aprendeu a música, estám presentes no seu modo de tocar e ensinar. Desde Tordoia portas para fora… Começa a rota da pandeireta!

  •  Guitarra.

Nível I: terças-feiras de 19h a 20h . Nível II de 20h a 21h. Começo 3 de outubro. Preço: 25€.

Som ideais quer para gente que começa do zero, quer para quem já tem um nível intermédio. Nelas, trabalharam-se harmonia e técnica de forma conjunta, a un nível mui básico. A ideia é fazer aulas engraçadas onde a criatividade e a improvisaçom tenham um papel importante. Tocaram-se temas de diversos estilos (blues, rock, country, reggae, funk). O professor será Benjamín Vázquez, professor em educaçom musical e atual guitarrista de The Lákazans.

  • Fotografia I

Terças-feiras de 21h a 22h. Começo o 3 de outubro. Preço 17 euros. Duraçom de 3 meses (Após estes 3 meses começará com o mesmo horário o curso de Fotografia II). Número mínimo de participantes: 5 pessoas.

Mediante o curso pretende-se que o alunado tire o máximo proveito das suas cámaras, quer sejam compactas quer reflex, treinando o uso de todas as suas funcionalidades assim como aprendendo os fundamentos básicos da fotografia, para desenvolver as suas potencialidades artísticas. Além disso, comentaremos os referentes históricos e artísticos necessários para compreender a importáncia histórica da fotografia na nossa sociedade e faremos umha breve introduçom a algumhas das mais importantes disciplinas fotográficas. O professor será Toxa, fotógrafo formado na EASD Ramón Falcón de Lugo e que exerce como profissional desde o ano 2010

  • Iniciación à língua e cultura portuguesas e lusofonia

Quintas feiras de 5 de outubro a 21 de decembro de 19:30 a 20:30 h (12 sesións) Preço total: 60€

Vamos aproximar-nos da língua portuguesa e perceber como ser galego é um passaporte de entrada neste universo. Ao mesmo tempo vamos conhecer um pouco mais sobre a cultura do país vizinho para além dos tópicos – tentaremos não falar de bacalhau nem de toalhas – mas também doutros países nos que se fala português. *

  • Aulas de conversação em português

Quintas feiras das 20:30 ás 21h30. Começo 5 de Outubro. Preço 13€

Se já sabes algo de português e queres treinar a tua pronúncia lusitana, aqui tens a oportunidade de dar à língua até que a voz te doa! Sempre atentos à actualidade, não faltarão motivos para uma boa conversa.*

*Cursos a cargo de Joana Martins, portuguesa da Cova da Beira, engenheira do ambiente de profissão e professora de português por vocação. Inicia o percurso nas aulas de português desde que vem para Compostela, no ano 2013. Já organizou cursos de iniciação para grupos e trabalha habitualmente com aulas de conversação individuais.

  • Catalám à carta

Terças-feiras de 20h a 21h. Começo 3 de outubro. Preço 20€. Duraçom até Março. (Mínimo de 5 pessoas para o curso começar)

Este curso está dirigido a pessoas que queiram continuar a desenvolver as habilidades lingüísticas básicas para entenderem textos escritos e orais em catalám, de jeito que ao finalizar o curso, @s alumn@s sejam quem de resolver as necesidades básicas da vida cotiá nesta língua. Além disso, quer
ofertar umha aproximaçom à realidade social da língua catalá (extensom
territorial, distintos graus de oficialidade, situaçom sociolingüística…) e à
cultura que se gerou no seu território. Cada pessoa poderá propôr temas ou
questons para tratá-las nas seguintes aulas.
A professora será Susana Montesinos Amado, licenciada em Filologia Catalá e Teoria da Literatura pola Universitat de Barcelona. Deu aulas de  língua catalá en institutos de ensino secundario en Catalunya.

  • Capoeira  Angola

Segundas-feiras de 20h30 a 22h. Começo 2 de outubro. Preço 15€. Participantes sem limite de idades: para mulheres, homens e crianças.

Nestas aulas trabalhara-se de uma forma lúdica a movimentaçao da Capoeira Angola. Também a sua parte instrumental onde entram os cantos da capoeira e os seus instrumentos: o berimbau. As participantes poderam assim conhecer a cultura afro-brasileira desde umha brincadeira com o corpo e sua movimentaçao (dança e luta), a sua história, a sua música, os seus diálogos corporais e de improvisaçom.
A professora é Cristina Olivera que pratica a arte da Capoeira  Angola desde o ano 1999. Morou no Brasil, na cidade de Salvador de Bahia durante 10 anos, onde praticou capoeira Angola, dentro do grupo de capoeira Angola Zimba. Desde o ano 2009, passou a morar em Compostela onde formou a Associação de Capoeira Angola, com a qual vem trabalhando na preservaçom da originalidade e filosofia da Capoeira Angola através do ensino pratico da mesma. Por tanto, os participantes teram a oportunidade de entrar em contato e desfrutar aprendendo esta pratica de manifestaçom cultural brasileira. Deu aulas de Capoeira em distintos centros socioculturais da cidade, escolas da Galiza e participou na organizaçom dos encontros internacionais de Capoeira Angola em Compostela.

  • Teatro

Terças-feiras de 21h15 a 23h. Começo 3 de outubro. Preço por confirmar. Mínimo 12 pessoas.

Neste obradoiro pretendemos investigar, através dos vários níveis de expressom que oferece o Teatro, o interior e o arredor de cada pessoa que conforme o grupo, assim como a interacçom do mesmo grupo, concluindo com umha representaçom cénica.
Trabalharemos basicamente cinco vertentes: a expressom (oral e corporal), a imaginaçom e a criatividade, a comunicaçom, o autoconhecimento e a abordagem cultural. Salientar o carácter lúdico e de dinamizaçom social que implica a prática teatral.
Zé Paredes, o professor, é ator e diretor de cena dedica-se à atividade profissional do teatro desde o ano 1996. Iniciou a sua formaçom no Porto, no Ballet-Teatro Escola Profissional. Em 2001 estabelece a sua relaçom com o teatro galego, através dumha coproduçom entre o Teatro do Noroeste, a Companhia de Teatro de Braga e o Centro Dramático Galego. Vive na Galiza desde 2002, tendo sido coordenador da Aula de Teatro da Universidade da Corunha e junto com Mónica Camaño cria o projeto Teatro Nu.

  •  Laboratório de Movimento.

Quartas-Feiras de 19h a 20h. Começo 4 de Outubro. Preço 15€. Duraçom até Dezembro com possibilidade de seguirmos a partir de Janeiro.

Um espaço para a experimentaçom, prática e reflexom do movimento e a voz. Trabalharemos com a dança em interaçom com outras práticas de trabalho corporal. Descobriremos as qualidades de movimento indagando na profundidade de cada umha de nós mas também em relaçom com as demais a través do jogo, da escuita e dos cuidados. Elsa Pereira 1983 – Elsa Pereira Rodríguez 2017, muitas mudanças e algum baile. Remexo e investigo no movimento, o que nos impulsa a erguer a cabeça, subir os ombreiros, caminhar amodinho ou sair correndo. Formo-me em dança contemporânea e exploro sobre dança Butoh, teatro e clown. Assisto a obradoiros e seminários de diferentes técnicas e experimento com os meus e com os outros movimentos porque compartimos espaços, observamo-nos e somos observadxs.

 

MONOGRÁFICOS

  • A afinaçom no canto tradicional galego. Da prosódia à melodia.

Sextas feiras 13 e 20 de Outubro e 3 e 10 de Novembro. De 19h a 20h30. Preço: 30€.

Neste curso teórico e práctico (tod@s cantaremos e falaremos seguido) abordaremos o eido da afinaçom em outros folclores, para mergulhar depois no jeito de cantar existente em Galiza. Aprenderemos a distinguir entre as principais escalas (ou modos) existentes no nosso folclore, e prestaremos especial atençom ao modo predominante no país: o modo “frígio”, e em concreto, à sua afinaçom, que se está a perder pola convivência  com as afinaçons modernas.

Usaremos arquivos fonográficos (Alan Lomax e Dorothé Schubarth) e documentos escritos antigos e modernos, assi como gravaçons actuais de grupos de música “tradi”.

Ricardo Marcos Casás estudou música clássica e jazz no conservatório superior de música da Corunha. O seu trabalho fim de carreira de jazz baseou-se nas recolhas que Dorothé Schubart fixo a sua avoa e tia. Atualmente continua a trabalhar para conservar e difundir o legado da sua avoa, Rosa Casás, cantadora e tocadora da Vila da Igreja, Cerceda.

Durante o último ano tem impartido vários cursos de construçom e toque de pandeiro “vegano”, por todo o país. Toca em grupos de diversos estilos, desde o jazz à música cigana, como “Os tres trebóns”, “Dúbida-band” ou o seu projeto “Fuliada na Vila”.

  • Cozinha   vegana.

Sábados 7,  14, 21 e 28  de Outubro.  De 16h a 19h30. Prezo por módulo: 15€ (com material incluído).

Quatro módulos independentes nos que aprenderás receitas básicas, receitas  de cozinha tradicional galega veganizadas, a fazer um delicioso  seitam caseiro e vários queijos vegetais.

Quando está triste ou preocupada, Alba Souto cozinha algo doce, e sempre gostou de preparar deliciosos pratos para as suas amizades e familiares. Pensa que coczinhar é um jeito de comunicar-se e fazer felizes a outras pessoas. Quando decidiu dar o passo ao veganismo, descobreu novos retos e também novas técnicas, ingredientes e possibilidades no mundo da cozinha e da pastelaria. A través de vídeos de youtube e com muita práctica quere demostrar-lhe ao mundo o rica e variada que pode ser umha alimentaçom 100% vegetal.

  • Monográfico de ediçom de vídeo.

Quartas feiras 8, 15, 22 e 29 de Novembro. De 19h30 a 21h. Preço. 20€

Cursinho de iniciaçom a ediçom de vídeo com o programa Davinci. Aprenderemos a manejar as ferramentas essenciais para montar um vídeo rápido e de jeito professional. O curso vai dirigido a aquelas pessoas que procurem as habilidades e destrezas para editar os seus próprios vídeos. Nom se precisam conhecimentos prévios.

Antía Ameixeiras é graduada em comunicaçom audiovisual, profissom que combina com a música. Tem realizado numerosos videoclipes e co-realizado projectos audiovisuais como Enreguéifate ou Feísmos?

 

One Response to Cursos e monográficos 17/18!

  1. Carmen Bernardez Lorenzo
    12 de Setembro de 2017 at 0:17

    Preindcricion pro curso de Catalan a Carta, impartido por Susana Montesinos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


+ seven = fifteen