SOLIDARIEDADE COM AS 12 INDEPENDENTISTAS ENCAUSADAS NA “OPERAÇOM JARO”

15 de Novembro de 2019

Da Gentalha do Pichel somamo-nos ao conjunto de agentes políticos, sociais e culturais que durante estes dias mostrárom a sua solidariedade com as 12 militantes independentistas galegas inesperadamente acusadas a um total de 102 anos de prisom por pertença a organizaçom criminosa e delitos de enaltecimento de terrorismo. Do mesmo jeito, solidarizamo-nos com a organizaçom política Causa Galiza e o organismo antirepressivo Ceivar por se estárem a enfrentar à possível ilegalizaçom por umha alegada atividade terrorista.
Para além da inexcusável solidariedade com as represaliadas, da Gentalha achamos também que esta montagem policial nom é um facto isolado que podamos ignorar. Embora a perseguiçom e repressom do independentismo galego nom sejam algo novidoso ou recente, as desproporcionadas petiçons de prisom e a tentativa de ilegalizar organizaçons, é um grave sintoma que mais cedo que tarde está chamado a estender-se ao conjunto de pessoas que conformamos os movimentos de transformaçom social do nosso país.
Nom nos podemos permitir olhar para outro lado em plena deriva fascistoide e autoriária do Estado espanhol, claramente empenhado em sufocar os processos transformadores em base a umha calculada repressom e um aparelho mediático perversamente manipulador.
Por isso, da Gentalha condenamos este novo ataque às nossas liberdades e chamamos à solidariedade activa com as companheiras perseguidas.
Nom estades sós!