Atividades semanais – do 26 de Fevereiro ao 4 de Março

26 de Fevereiro de 2018
FEVEREIRO 2018
28
quarta-feira

Projecçom do Cineclube

Ás 21:30

iwasaEu fun unha asasina en serie adolescente
(I Was a Teenage Serial Killer, Sarah Jacobson, EUA, 1993, 27′, VOSG)
Fode en min
(Baise-moi, Virginie Despentes / Coralie Trinh Thi, Francia, 2000, 72′, VOSG)

MARÇO 2018
2
sexta-feira

“Sabela quer ser música”: Contos arredor da exposiçom “Músicas Galegas Ilustradas”

Ás 18:30

sabela

Nesta sexta feria 2 de Março de 18h30 a 19h30 em colaboraçom com a Escola Semente, Laura Romero (ilustradora da exposiçom Música Galegas Ilustradas”) fará umha contada para nenas e nenos de entre 3 a 7 anos.

Preço 3€ por família.

AFORO MÁXIMO DE 25 CRIANÇAS

 

MARÇO 2018
2
sexta-feira

Apresentaçom do I congresso de Decrescimento

Ás 20:30

rededeA Gentalha do Pichel, sexta-feira día 2 de Marzo, ás 20,30 co participación de:

Xoán Doldán. Profesor Titular de Economía Aplicada na Universidade de Santiago de Compostela (USC) e Vicepresidente de Véspera de Nada

Miguel Anxo Abraira. Autónomo na transformación de produtos agrarios, Político e activista social.

Iolanda Teixeiro. Autónoma profesora de Tai Chi, licenciada en educación, política e activista social.

Xabier Vázquez. Biólogo ambiental, consultor ambiental e activista social no eido ecolóxico.

DOCUMENTOS DO CONGRESO
Regulamento.
Introdución: Por que o Decrecemento? E por que no Eo-Navia, Galiza e O Bierzo?
Organización e autoxestión.
Sociedade, valores e eco-feminismo.
Medio ambiente.
Saúde.
Enerxía e transporte en Galiza: razóns para o decrecemento.
Educación.
Alimentación, consumo e economía de proximidade.
Medios de comunicación e cultura.

MARÇO 2018
3
sábado

Visita à exposiçom “In Tempore Sueborum. El tiempo de los Suevos en la Gallaecia – 411-585″

correoga

Junto à gente d’ A Galleira Ourense​ teremos uma visita guiada oficial à exposiçom, um jantar e logo uma tertúlia para comentar o visto e escutado.

Inscriçons em gentalha@gentalha.org (nome, telefone, número de pessoas, possibilidade de partilhar carro e qualquer peculiaridade para o jantar (alergias, intolerâncias, dietas…) VAGAS LIMITADAS.

A exposiçom, organizada pola Deputaçom de Ourense, é uma boa oportunidade, desaproveitada nalguns aspetos, de conhecer e ver vestígios do Reino Suevo da Galécia e do seu tempo.

“Sabela quer ser música”: Contos arredor da exposiçom “Músicas Galegas Ilustradas”

26 de Fevereiro de 2018

musicasNesta sexta feria 2 de Março de 18h30 a 19h30 em colaboraçom com a Escola Semente, Laura Romero (ilustradora da exposiçom Música Galegas Ilustradas”) fará umha contada para nenas e nenos de entre 3 a 7 anos.

Preço 3€ por família.

AFORO MÁXIMO DE 25 CRIANÇAS
Reservas em info@sementecompostela.com

Solidariedade com Carlos Santiago

22 de Fevereiro de 2018

carlosS

O Apóstolo como artefacto da reaçom. Dilúvia sobre molhado.
Nom é complicado verificar como a religiom católica continua a ser um eficaz ariete da reaçom local contra todo o que levante a cabeça. E si, sabemos que nom é nada particular que a cúria tenha muito claro o seu bando; é umha simbiose milenar. O caso é que na velha Compostela ésta sanguenta colaboraçom cobrou umha específica intensidade que durante toda a história aplacou qualquer aspiraçom de progreso.
Neste eterno retorno ha sobresaltos que podem servir para sorprender-nos momentaneamente ou para percatar-nos de que o cerco à liberdade de expressom e às mais modestas liberdades democráticas é cada vez mais estreito e devem de umha sucessom de acontecimentos enlazados. Nom som manifestaçons pontuais da luita eleitoral municipal onde a parte azul dos esquemáticos resultados tenta agredir à parte vermelha empregando o rebanho crente. Nom é isso, ojalá fosse isso, mas o que esta sofrendo o amigo Carlos forma parte e é resultado de um caminho regresivo que ha tempo vai devagarinho reducindo o redil por onde o contrapoder transita. A Gentalha leva 15 anos bregando nesta cidade e esse percurso permite-nos observar de longe o constante recorte da auto-denominada democracia.
Já no 2006 o governo municipal aplicou umha verdadeira campanha silenciadora da nossa festa do 17: arrancarom faixas e cartazes, prohibirom praças, cortarom a luz e multarom activistas por colar cartazes amparados nessas eufemísticas leis de “madiambiente” urbano. Tais ferramentas represivas ainda vigentes de luva branca e apariência ecológica servem, por ejemplo, para multar ao irmao centro social corunhes Gomes Gaioso com 400€ neste mesmo ano.
Em 2011 a Gentalha do Pichel foi sancionada pola cámara municipal com umha multa de 1500€ por colocar um cartaz na cacharela de sam Joám que dizia “Na Galiza só em galego” em base a umha normativa aínda vigente que obriga a comunicar o contido das mensagens que coloques nas cacharelas.
Em 2012, companheiras da comissom de língua forom sancionadas pola Guardia Civil com 3.000€ (sí, tresmil euros) por mudar um N por um M num sinal indicador.
E assim fomos chegando a um entruido de 2018 onde nem o carnaval pode fazer escárnio do poder. Isto nom sai da nada, figerom falta muitos desalojos de lugares ocupados, muita violência contra as companheiras do Escárnio, muitos julgamentos contra quem tencionava reactivar a Sala Yago, muitas normativas represivas, muitas multas administrativas em situaçom de indefensom, muitas identificaçons a companheiras que portavam um rolo de fita e uns cartazes de papel. As faculdades cada vez mais inócuas, as praças cada vez mais repletas de terraças, as ruas cada vez mais inóspitas e o pior de todo: umha parte de nós, umha parte do sentir colectivo dos movimentos populares foi interiorizando que isto é assim e que vai ir a pior. Vamos, pedra a pedra, aprendendo e até justificando ésta atroz travesia até as redes sociais; verdadeiros vertedoiros da nossa rebeldia. E nem isso, por que é ahi, nesse mundo virtual que eles mesmo criarom, onde a liberdade de expressom é mais controlável.
É por todo isto que na Gentalha nom podemos calar; porque sabemos o que se sinte, porque Carlos foi um amigo do nosso colectivo desde o princípio, desde aquela Burla Negra (em que Carlos Santiago participou) que ocupou nos princípios do nosso centro social um local no primeiro andar. Nom podemos calar porque o próprio personagem do apóstolo veu blasfemar no nosso décimo aniversário e rimos com ele.
Na Gentalha todas somos Carlos porque todas fomos Carlos Santiago durante muito tempo.

Atividades semanais – do 19 ao 25 de Fevereiro

20 de Fevereiro de 2018
FEVEREIRO 2018
21
quarta-feira

Projecçom do Cineclube

Ás 21:30

indiA gran cidade
(মহানগর [Mahānagar], Satyajit Ray, India, 1963, 136′, VOSG)

FEVEREIRO 2018
22
quinta-feira

Cheykh Fayé apresenta o seu livro “Ser modou modou”

Ás 20:30

modouEsta quinta-feira 22, Cheykh Fayé apresentará o seu livro “Ser modou modou” no nosso centro social acompanhado por Xesús Pinheiro (Sermos Galiza).
Mais info: https://senegaliza.wordpress.com/

 

FEVEREIRO 2018
23 – 24
sexta-feira e sábado

Mercado Prestogal

Ás 11:00

prestogla

Tes roupa e complementos para crianzas de ata 6 anos que xa non utilizas, pero que podería servir a outras nenas e nenos?

Pois colabora con nós no mercado Prestogal, unha actividade de consumo colaborativo que estamos a organizar no barrio. Só tes que meter nunha caixa as prendas e complementos para crianzas de ata 6 anos e achegala á Gentalha Do Pichel o próximo 23 de febreiro en horario de 11:00 a 13:00 ou de 16:00 a 21:00.

Agradeceremos que antes nos envíes un correo electrónico a fafa.rodriguez@gmail.com coa relación de complementos, prendas e tallas, que nos permita facer seguimento, levar un control e estimar a cantidade de recursos que recibiremos.

O día 24 abriremos as portas para que familias en situación de vulnerabilidade podan achegarse, buscar e coller o que necesiten.

Por un barrio sostible, participativo

Atividades semanais – do 12 ao 18 de Fevereiro

14 de Fevereiro de 2018
FEVEREIRO 2018
14
quarta-feira

Projecçom do Cineclube

Ás 21:30

demoA bruxa diaño
(鬼婆 [Onibaba], Kaneto Shindo, Xapón, 1964, 103′, VOSG)

FEVEREIRO 2018
16
sexta-feira

Apresentaçom da XII Marcha às cadeias

Ás 20:30

marcha_cadeias

 

FEVEREIRO 2018
17
sábado

“República catalana” Palestra e ceia

Ás 19:00

 

 

 

 

brigaBRIGA e Ceivar apresentamos mais outra atividade conjunta, neste caso trazemos a República Catalana a debate onde abordaremos o momento atual desde a óptica do republicanismo anticapitalista, a auto-organizaçom juvenil e a resposta antirepresiva.

Na tentativa do feche reacionário da crise que afronta o régime do 78 e o “155” imposto sobre a nossa mentalidade coletiva no tocante ao processo independentista catalám abrimos umha fenda para ofertar umha jornada formativa e de debate, atravessada polo internacionalismo e a solidariedade entre povos.

Ponhentes:
- Mireia Vehí: Socióloga catalana e ex-deputada polas CUP-CC.
- Fernan Ocata: Porta-voz de Alerta Solidaria.
- Desde o plano juvenil contaremos cumha militante de ARRAN.

Após o debate que terá lugar o sábado 17 de fevereiro às 19:00h na Gentalha do Pichel teremos umha ceia-convívio cumha ementa galego-catalana (com opçom vegana) e mais umha tombola solidaria.

FEVEREIRO 2018
17
sábado

IX Jornada da Liga Gallaecia

Ás 11:00

cartaz_9J_17-18

Este sábado acolheremos a IX jornada da Liga Gallaecia no campo de futebol Paz Nogueira. E depois, terceiro tempo na Gentalha do Pichel.
Esperamos-vos siareir@s!

Observatório de igualdade na Gentalha do Pichel

9 de Fevereiro de 2018

A primeira reuniom terá lugar no CS a sexta feira 16 de fevereiro às 20:00 horas.

leandro mulheres

Da Gentalha levamos uns meses a reflectir sobre a necessidade de revisar, melhorar e planificar actuaçons em chave de género tanto dentro do funcionamento do colectivo (nas comissons de trabalho) como no próprio funcionamento do espaço do centro social (nas atividades feitas por nós ou por outros colectivos). Somos conscientes de que vivemos dentro dumha sociedade patriarcal e nom somos alheias a herdança de atitudes ou comportamentos machistas que como espaço social que se pretende transformador devem ser analisados e desbotados para melhorar. Mesmo que a focagem de género leve um tempo a ser integrada nas diversas actividades previstas nas comissons ou nos cursos que da Gentalha som propostos, cremos que a planificaçom de protocolos, mudança de atitudes e dinámicas (de ser o caso) no próprio funcionamento do centro social devem ser detectados também.
Por isso, na última assembléia geral decidimos pôr em andamento um grupo de trabalho ou observatório de igualdade mixto no qual podem participar todas aquelas pessoas associadas que estejam interessadas em achegar idéias e propostas de melhora para que a Gentalha e o CS O Pichel sejam um colectivo e um espaço em que todas nos sintamos e trabalhemos a vontade com umha perspectiva feminista.
Por isso convocamos-vos a umha primeira juntanza no CS a sexta feira 16 de fevereiro às 20:00 horas.

Atividades semanais – do 5 ao 11 de Fevereiro

5 de Fevereiro de 2018
FEVEREIRO 2018
7
quarta-feira

Projecçom do Cineclube

Ás 21:30

leavehertoheaven-1600x900-c-default

Deixádella ao ceo
(Leave Her to Heaven, John M. Stahl, EUA, 1945, 110′, VOSG)

FEVEREIRO 2018
8
quinta-feira

Exposiçom “Músicas galegas ilustradas”

Ás 19:00

cultura

A expo “Músicas Galegas Ilustradas” chega a Compostela!
* Inauguramo-la no 8F com faladoiro sobre a situaçom das mulheres no panorama musical com a música e ilustradora da expo Laura Romero e com as músicas Xiana Lastra Pernas da A banda da Loba e Catu e Yolanda de Soul Maxín

Poderá-se visitar até o 9 de Março e durante este tempo teremos atividades arredor dela:

*No 2 de março, às 18h30, contacontos corganizado com a Semente Compostela de Laura Romero para crianças entre 3 e 7 anos “Sabela quere ser música”. Preço: 3€ x família.

* No 9 de março, a partir das 21h, festa-feche da expo com bingo musical feminista e concertos

Exposiçom “Músicas galegas ilustradas”

5 de Fevereiro de 2018

culturaA expo “Músicas Galegas Ilustradas” chega a Compostela!
* Inauguramo-la no 8F com faladoiro sobre a situaçom das mulheres no panorama musical com a música e ilustradora da expo Laura Romero e com as músicas Xiana Lastra Pernas da A banda da Loba e Catu e Yolanda de Soul Maxín

Poderá-se visitar até o 9 de Março e durante este tempo teremos atividades arredor dela:

*No 2 de março, às 18h30, contacontos corganizado com a Semente Compostela de Laura Romero para crianças entre 3 e 7 anos “Sabela quere ser música”. Preço: 3€ x família.

* No 9 de março, a partir das 21h, festa-feche da expo com bingo musical feminista e concertos.

Nesta semana começamos cursos novos!

31 de Janeiro de 2018

Aínda podes inscrever-te em gentalha@gentalha.org
monograficos 2018

• PERCUSOM CRIATIVA
Sábado 10 de Março de 11h a 14h e de 16h a 19h. Preço 20€.

Neste obradoiro investigaremos as possibilidades técnicas de instrumentos de percusom de tradiçons diversas, assi como os ritmos que cada instrumento trai consigo. Pandeireta, cunchas, pandeiros galego e de Peñaparda, agogo de castanha, tambores, e pequenas percusons. Aplicaremos esta energia à criaçom de atmosferas e ritmos, e ao acompanhamento da voz cantada e contada.
Ricardo Marcos Casás estudou música clássica e jazz no conservatório superior de música da Corunha. O seu trabalho fim de carreira de jazz baseou-se nas recolhas que Dorothé Schubart fixo a sua avoa e tia. Atualmente continua a trabalhar para conservar e difundir o legado da sua avoa, Rosa Casás, cantadora e tocadora da Vila da Igreja, Cerceda.
Durante o último ano tem impartido vários cursos de construçom e toque de pandeiro “vegano”, por todo o país. Toca em grupos de diversos estilos, desde o jazz à música cigana, como “Os tres trebóns”, “Dúbida-band” ou o seu projeto “Fuliada na Vila”.

• LABORATÓRIO DE MOVIMENTO.
Quartas-Feiras de Fevereiro, de 19h a 20h. Começo no 7 de Fevereiro. Preço 15€.

Um espaço para a experimentaçom, prática e reflexom do movimento e a voz. Trabalharemos com a dança em interaçom com outras práticas de trabalho corporal. Descobriremos as qualidades de movimento indagando na profundidade de cada umha de nós mas também em relaçom com as demais a través do jogo, da escuita e dos cuidados.
Elsa Pereira 1983 – Elsa Pereira Rodríguez 2018, muitas mudanças e algum baile. Remexo e investigo no movimento, o que nos impulsa a erguer a cabeça, subir os ombreiros, caminhar amodinho ou sair correndo. Formo-me em dança contemporânea e exploro sobre dança Butoh, teatro e clown. Assisto a obradoiros e seminários de diferentes técnicas e experimento com os meus e com os outros movimentos porque compartimos espaços, observamo-nos e somos observadxs.

• FORA DOS MARCOS: ARTE E FEMINISMO.
Sextas feiras de Fevereiro e Março, de 16h30 a 18h30. Começo no 2 de Fevereiro. Preço total 30€.

Neste curso faremos umha revisom com perspectiva feminista dos mecanismos de construçom do imaginário colectivo a través da arte. Repassaremos os mitos e os diversos personagens que contribuiram a desenhar os referentes para as identidades do presente e trataremos de comprender como foram interpretados e utilizados ao longo da história.
Julia Marín Ramírez: formada em Belas Artes, Restauraçom e Arqueologia. Actualmente cursando estudos de doutoramento en arqueologia experimental enquanto desenvolve os seus projetos en artesania.
Sabela Fraga Costa: formada em Publicidade, Historia da Arte e Filosofia. Aposta por outras formas de aprendizagem que incluam outros valores e referentes à hora de comunicar e representar.

• FRANCÊS BÁSICO PARA VIAJAR.
Quintas feiras de Fevereiro e Março (com possibilidade de ampliar), de 19h30 a 20h30. Começo no 1 de Fevereiro. Preço total: 30€.

Curso de iniciaçom ao francês com conceptos básicos para comunicar-se em língua francesa. O curso adaptará-se à evoluçom e interesses do grupo sem perder o objetivo prático de poder manter umha conversa direta e singela.

• FRANCÊS A TRAVÉS DA MÚSICA.
Quintas feiras de Fevereiro e Março (com possibilidade de ampliar), de 20h30 a 21h30. Começo no 1 de Fevereiro. Preço total: 30€

Curso intermédio no que se pretende conversar e percorrer a língua a través das cançons e da música do mundo francófono. Os interesses e gostos musicais seram escuitados e bem-vindos ao grupo.

Ambos cursos viram da mam de Maritxinha, minhense afincada em Compostela que estivo a viver durante anos em Bruxelas, e que compagina as aulas de francês com a música em diferentes grupos como baixista.

• UMHA MALETA DE BAILES. Dança tradicional para nível intermédio.
Sábado 17 de Fevereiro de 10h a 14h. Preço 20€.

Neste monográfico faremos umha viagem imaginária pola geografia galega, levando por companheira umha maleta cheia de bailes, músicas e histórias. Em cada parada novos pontos, coreografias, melodias, jeitos, pessoas…
Luís Prego leva muito tempo a ensinar baile tradicional por diferentes pontos do País, mas leva ainda mais tempo a aprendê-lo das velhas e velhos às que visitou para que lhe ensinaram pontos e jeitos do nosso baile. Com toda esta sabedoria, Luís escreveu “Para cantar e bailar” e “Xogos Musicais”, dirigiu grupos de baile como o compostelano “Brincadeira”, toca no grupo folque “Ardentía” ou gestiona o facebook Baile e música de Galiza

Atividades semanais – 29 de Janeiro a 4 de Fevereiro

30 de Janeiro de 2018
JANEIRO 2018
31
quarta-feira

Projecçom do Cineclube

Ás 21:30

trestrtr

Tres tristes tigres
(Tres tristes tigres, Raúl Ruíz, Chile, 1967, 98′, VOSI)

FEVEREIRO 2018
2
sexta-feira

I Tresfoliando

Ás 21:30

 

tresfoliando O Tresfoliando é a foliada dos cursos da Gentalha do Pichel, Itaca, Viva Antes e Conxo, onde fomentamos a diversom como objetivo principal do baile e da música tradicinal, a igualdade entre bailadoras e bailadores; onde em confiança e desde o bom trato amosamos que o baile e a música som património cultural vivo.

 

 

FEVEREIRO 2018
3
sábado

Jornada de entruido da Semente

Ás 11:00

entrseme

A Semente Compostela está a organizar umha jornada de Entruido para o 3 de fevereiro com a intençom de recuperarmos o Entruido tradicional na nossa cidade.

O programa será o seguinte:

SÁBADO 3 DE FEVEREIRO

11HS. MERENDINHA COM CHOCOLATE E BOLACHAS DE CASTANHA NA GENTALHA DO PICHEL.

12HS. BAIXADA DAS GENERALAS, CHOQUEIRA E FOLIOM DA GENTALHA DO PICHEL ATÉ A PRAÇA DO PAM (CERVANTES).

12.30HS APROX. CHEGADA A PRAÇA DO PAM. VIVAS E ATRANQUE DAS GENERALAS DA SEMENTE.

14HS ANDROLHADA E SOBREMESA COM BRINDES E BOMBAS IMPROVISADAS.

 

FEVEREIRO 2018
3
sábado

Blues do país ao vivo

Ás 22:30

cartaz1