excursom ao jurês e a baixa límia

27 de Janeiro de 2017

excursom juresEXCURSOM DA COMISSOM DE MEIO NATURAL  AO JURÊS E A BAIXA LÍMIA
SÁBADO 11 – DOMINGO 12 DE FEVEREIRO

Programa:
SÁBADO 11
08:00 Saída desde o C.S. O Pichel (Santa Clara, nº 21)
11:00 Início na ruta que transcorre na maior parte pola raia seca entre Galiza e Portugal.
Ruta de dificuldade média. 10 km Portela de Pitoes- Pico Fonte Fria
Recomenda-se trazer calçado adequado ; fato de banho para as termas; saco-cama para o albergue e as cousas de higiene pessoal que cada perrsoa precise; roupa de abrigo/chuvasqueiro ( se a climatología é mui adversa pode suspender-se a saída e avisaremos na véspera na página e Facebook da Gentalha) mas parte da ruta é a altura e pode fazer vento ou algo de frio.
O almorço do primeiro dia será em ruta assi que cada persoa debe levar a comida do primeiro dia .
Esta ruta estará guiada polo geólogo Francisco Canosa
Depois da ruta iremos às termas de bande e depois ao albergue
Jantar na Arca da Noe (Vilar de Santos)
DOMINGO 12
10:00 Almorço do albergue A escola de Vilar de Santos
Visita guiada do Aquis Querquennis, feita  por Sandra González Sousa, licenciada en Historia da Arte e especialista en Xestión do Patrimonio
14:00 remate da atividade
PREÇO E RESERVAS
O preço (salvo que nom se cubrissem as vagas) é de 25 euros, a reserva pode fazer-se no mail jures@gentalha.org  mas esta nom se efectivizará até recolher o tiquet no CS O Pichel prévio pagamento. As reservas e pagos podem fazer-se até a quarta 8 de fevereiro.
Neste preço inclue-se : durmida no albergue a  noite de sábado para domingo, jantar na Arca da Noe (opçom vegetal ou carnívora) e almorço do domingo.
Tentará-se optimizar o uso de carros, as persoas que partilhem teram que repartir depois os gastos de combustível.

Concerto da “Compañía do ruido”

23 de Janeiro de 2017

companhiaA “Compañia do Ruído” é umha banda de música galega que nasce em 2002. Com mais de umha década de história às suas costas, conta com seis discos. Actualmente está trabalhando na consecuçom do projecto musical “O Punchi must go on”.
“A Compañia” está integrada por cinco pessoas com diferentes trajectórias musicais que dam vida a umha original mestura de estilo. Música, baile, retranca, divertimento e ritmo som os eijos principais do espectáculo.
Destaca a sua musicalidade à hora de mesturar música, dança, retranca e a instrumentaçom tradicional galega com os distintos folclores do mundo. Umha colheita de elementos de cada cultura que nos transportará a umha viagem musical irrepetível, umha cor e um som únicos com diferentes melodias e ritmos, sempre com o “punchi, punchi” coma máxima expressom.https://acompaniadoruido.bandcamp.com/album/a-compa-a-do-ru-do

Aula aberta de Tango Queer

23 de Janeiro de 2017

Nesta quinta feira, 26 de janeiro, de 19h a 20h15 experimentaremos umha aula, aberta e gratuíta, de Tango com intercámbio de rol, onde qualquer pessoa poderá experimentar o rol de guia ou guiad* independentemente do seu género. A professora será Maria Angeles Iglesias, com ampla experiencia em Tango.
Se te interessa, tes de inscrever-te em gentalha@gentalha.org

A ideia é que desta aula saia um grupinho de pessoas interessadas para fazermos um monográfico de 2 meses (fevereiro e março)

Presta?EAE_Gay Tango06

Curso: Comunicaçom para mulheres desde a perspectiva de género

19 de Janeiro de 2017

Em Fevereiro começamos com o obradoiro de “Comunicaçom para mulheres, desde a perspectiva de género”
Faremo-lo em quatro sessons, nas sextas feiras de Fevereiro (3, 10, 17 e 24) de 16h30 a 19h30.

Neste monográfico trabalharemos tanto as técnicas para melhorar a nossa comunicaçom pessoal como as motivaçons emocionais, sociais e psicológicas que dificultam o accesso das mulheres à esfera pública.

A profe é Llerena Perozo Porteiro (Vigo, 1974). Feminista, editora, especializada en comunicaçom. É a monitora deste obradoiro desde o ano 2001, criado pola jornalista, política e escritora María Xosé Porteiro.

Preço 25€ ( 27 nom associadas). Mínimo 7/Máximo 15 assistentes. Para reservar praça escrever a gentalha@gentalha.org

15895245_1836267796643613_8522941411542180829_n

Projeçom do documentário: “A fronteira será escrita”

17 de Janeiro de 2017

fronteriaA comissom de Defesa da Língua da Gentalha do Pichel projetará na próxima quinta feira, dia 19 de janeiro às 20h30, o documentário A fronteira será escrita.

Muita gente pensa que nas zonas fronteiriças, os habitantes dum e doutro lado da raia se entendem bem. Nem sempre é assim, mas a fronteira galego-portuguesa em geral, e particularmente a Baixa Límia e o Gerês, conformam um desses casos. Por motivos, quer linguísticos, quer culturais, os seus habitantes tinham, até há bem pouco, sérias dificuldades para explicar as diferenças que os definiam como pertencentes a dous países de costas viradas.

Mas o Estado sempre sai vencedor e consegue dar a volta ao mais ancestral dos acervos. A cultura ativa de falar, tocar, dançar e cantar igual que os vizinhos é subjugada agora por outra identidade, mas passiva e acaso também mais poderosa, que consolida a fronteira. Ela vem de longe, armada com as mais poderosas ferramentas para comunicar e atrevendo-se mesmo a renomear os lugares em que as pessoas vivem. O que antes se dizia igual, agora lê-se diferente e a linha divisória torna-se por fim visível. Porém, para muitas pessoas, a escrita continua a ser a única fronteira que elas conseguem ver. 

Equipa técnica

Realizaçom: Vanessa Vilaverde Lamas, Eduardo Maragoto e João Aveledo

Desenho gráfico: Manuel Pintor

Distribuçom: Amém Cinema

50 datas da Galiza

12 de Janeiro de 2017

50datas
A comissom de história da Gentalha Do Pichel quer disponibilizar em diferentes formatos o seu trabalho recentemente publicado das “50 datas da História da Galiza”. (aqui em linha e em papel no nosso centro social)

Introduçom
Ler mais »

Primeira Estalotada do 2017

10 de Janeiro de 2017

image4144

Concerto de Flúe mais DeLombaos

2 de Janeiro de 2017

fluecartaz

Guateque de inverno

27 de Dezembro de 2016

guatequePara continuarmos com o espírito da célebre “Festa do dezassete que se fai… outro dia” este ano celebramos a passagem de ano um dia antes, a sexta feira 30 de Dezembro, com um guateque especial onde teremos à Ukestra do Medio, a Atrás tigre e ao DJ Nervo Faraom, ademais de petiscos, sorteios e mais surpresas!

Atrás Tigre no bandcamp:

https://atrastigre.bandcamp.com/track/final

E uns vídeos da Ukestra no youtube

https://www.youtube.com/watch?v=5T1mJ_CSFs0

https://www.youtube.com/watch?v=9OJgFUzcHkU&spfreload=5

 

A partir de Janeiro, novos monográficos no Pichel!

21 de Dezembro de 2016

Novo ano, novas aprendizagens!

Inscriçom prévia obrigatória em gentalha@gentalha.org

graphic1

  • Desenha um cartaz

Sextas- Feiras de Janeiro e Fevereiro (começa no 21 de Janeiro) De 19h30 a 21h. Curso gratuíto orientado a activistas da Gentalha.

Durante quatro sessons trataremos de aprender a elaborar umha imagem gráfica atendendo a Texto, Imagem, composiçom e gestiom da ediçom.

Paulo Painceiras leva tempo trabalhando em distintas empresas de artes Gráficas.

 

  •  People’s power: a short history of popular movements, uprisings and protests in the English-speaking world

Terças-feiras (Fevereiro e Março, 8 sessões) de 19h a 20h

Preço: 35€ (40€ nom associadas)

Baseando-se na metodologia CLIC (Content and Language Integrated Learning) e cum alto nível participativo, este curso é ideal para aquelas pessoas que gostam da história e querem praticar inglês ao mesmo tempo.

Através de 8 sessões, falaremos de alguns dos mais importantes eventos históricos no mundo anglófono, desde a Marcha do Sal até acontecimentos mais recentes como o Black Lives Matter.  ​

Curso impartido por Afonso Barata, docente de inglês que na Gentalha já organizou o clube de conversa Tea & Sympathy (2011-2016)​ .

 

  • Obradoiro de comunicaçom para mulheres, desde a perspectiva de género. 

Sextas feiras de Fevereiro (3, 10, 17 e 24) de 16h30 a 19h30. Preço 25€ ( 27 nom associadas). Mínimo 7/Máximo 15 assistentes.

Neste monográfico trabalharemos tanto as técnicas para melhorar a nossa comunicaçom pessoal como as motivaçons emocionais, sociais e psicológicas que dificultam o accesso das mulheres à esfera pública.

Llerena Perozo Porteiro (Vigo, 1974). Feminista, editora, especializada en comunicaçom, é a monitora deste obradoiro desde o ano 2001, criado pola jornalista, política e escritora María Xosé Porteiro.

 

  •  Tango con intercámbio de rol para principiantes (Queer)

Quintas feiras de Janeiro (começo no dia 12), Fevereiro, e Março de 19h a 20h15.

Preço por pessoa: 33€ (35 nom associadas) / Preço por par (conformado por pares de homes, de mulheres ou mixtos): 48€ (50 nom associadas)

O Tango é umha dança maravilhosa que nos permite encontrar-nos em um abraço e gerar junt@s algo único e irrepetível.

Para bailar um Tango sempre necessitamos de outr@… Conto com vós?

Se nom sabes nada de Tango e queres achegar-te a ele experimentando os roles de guía/guiad@. Se sabes um dos dous roles e  queres aprender que passa do “outro lado”… Achega-te!

A professora será María Angeles Iglesias, bailarina, actriz e professora de Tango chegada da Argentina.