Posts Tagged ‘ local ’

jornadas de trabalho para a insonorizaçom do salom de actos as quartas feiras de agosto

2 de Agosto de 2015

Pola Gentalha passaram muitos grupos e queremos que passem muitos mais. Precissamos melhorar a acústica e o primeiro passo que queremos dar será insonorizar o local.
Da Comissom de Local organizamos umha JORNADA DE TRABALHO PARA INSTALAR ISOLANTE NO SALOM DE ACTOS.
Serám as quartas feiras de Agostosonorizar desde as 17h da tarde. Colaboras???

Ardentia apresenta esta sexta 5 o seu novo disco “ADIANTE”

1 de Junho de 2015

ardentiaEsta sexta feira dia 5 terá lugar no CS O Pichel o concerto de Ardentia. Apresentam o seu novo trabalho “Adiante”. Será às 22h e o bilhete é de 3 euros (2 pessoas sócias).  Podes comprar o seu novo CD Adiante por 10 euros com o bilhete ou os CDs Adiante e Vintage por 15 euros (também com o bilhete) .

Ardentia fundou-se no ano 1989 com intençom de aprofundar e divulgar a música galega de jeito ameno e participativo.

Ardentía tem cinco discos no mercado  recibindo muito boas críticas tanto da prensa especializada como do público; colaborárom com  eles músicas e músicas como Uxia, o Grupo Brigada Victor Jara, Pancho Álvarez, Begoña Riobó, Luis Peixoto e muitas mais, assim como diversos prémios em diferentes festivais, concursos e entidades.

Tocaram e  multitude de festivais entre os que podemos destacar: “Cantigas de Maio” -Seixal, “Festival folk de Couso”, “Festival Folk de Bandeira”, “Festival Interceltico de Porto” “FolkMatamá”, “Festival Folk de Callobre”, “Festival do Mar de Paimpol” (França), “Festival do Mar de Brest” (França), “Tradicionarius” de Barcelona, Espectáculo Musicas da Liberdade, Galiza 2007, Festival Interceltico de Porto, Festas da Reconquista de Vigo, etc.

Ademais da sua faceta artistica Ardentia realizou e colaborou em diferentes projectos de divulgaçom e estudo dos instrumentos populares nas escolas e faculdades da Galiza assim como de jogos e cançons para crianças.

Sexta 8 de maio baile assalto no pichel desde as 21h30

4 de Maio de 2015

8 maio b assaltoBaile Assalto da ELMPG próxima con convidado especial da França, Raphaël Decoster ao diatónico e de novo Bitoque (Ariel Ninas con David Rodrigues). Coma sempre, 2ª sexta-feira de mês, desta volta o 8 de maio.

Amanhá concerto de ‘Blues do País’ no Pichel

5 de Março de 2015

blues1Blues do País somos Bieitta James (Iseo Agilda), a grandíssima diva rural, e Pepe King (Brais das Hortas), o bluesmanzinho que a acompanha.

Juntos trouxemos ao galego todos esses clássicos do blues, soul, rythm’n'blues… Si, ouvistes bem : blues em galego. Porque New Orleans e Coristanco nom estám tam longe. Porque no fundo somos o mesmo, gente de abaixo cantando a sua miséria com retranca e alegria. O mesmo pelejo. Mexilhom negro com concha branca. Blues do País.blues3

E andamos on the road, atravessando rotundas, para trazer-vos o nosso primeiro disco : “Bateas no Mississippi”.

Concerto de Blues do País no Pichel

23 de Fevereiro de 2015

bluesdp

Jornada de limpeza

18 de Fevereiro de 2015

cozinha-1Depois de uns intensos fins de semana gastronómicos a cozinha precisa de umha maozinha para que poidamos seguir dispondo dela em ótimas condiçons.

Amanhã, quinta-feira 19, às 17.00, combinamos no pichel para por-nos ao choio.
Anima-te e colabora!

limpar-pia-lava-loucas

Baile assalto sexta 21 com a Carricoband

17 de Novembro de 2014

BaileAssalto_web2Esta Sexta 21 de Novembro temos um CEILIDH adicado às danças escocesas. Varias danças acompanhadas de outras danças de outras latitudes europeas e norte-americanas. Começamos ás 19.30 h com um obradoiro específico. Baile Assalto começa às 21.30h.

A música vem da mao da Carricoband, grupo de Compostelán especializado em música instrumental de Escócia e Irlanda.

Acompanham Bitoke, duo de zanfona e percussom.

O comisariado do baile e direcçom do obradoiro é cousa de Suso Cancelas.

http://www.folque.com/01.140415wp/events/baile-assalto-novembro/

Este sábado 15 de Novembro no Pichel Teatro desde o Brasil. Duo sobre Desvios.

12 de Novembro de 2014

Tendo como ponto de partida a ideia de desvio como ato de abandono, o duo artístico de Cadu Cinelli e Fabricio Moser investiga a questão cenicamente de maneira autoral e colaborativa. O trabalho, em constante movimento, surge inspirado por materiais literários, musicais e visuais, como ocorre na obra de Bartolomeu Campos de Queiros, Leonilson, Anton Tchekov e Björk, e é experienciado pelos criadores e espectadores através de estruturas narrativas, dramáticas e coreográficas, projeções audiovisuais, intervenções plásticas, relatos autobiográficos e depoimentos sobre o processo de criação.

desvios
Concepção, criação e atuação: Cadu Cinelli e Fabricio Moser
Textos: Leonilson, Bartolomeu Campos de Queirós, Björk, Cadu Cinelli e Fabricio Moser.
Adereços, cenários e figurinos: Cadu Cinelli
Coreografias e dramaturgia cênica: Fabrício Moser
Produção: Caleidoscópio Associação Cultural
Produtora Executiva: Renata Sousa

já temos mesa! precisamos um deshumidificador e umha lámpada

14 de Outubro de 2014

 

Onte solicitavamos várias cousinhas para habilitar um dos nossos espaços livres. Temos muita sortinha com todas vós e já temos mesa para a aula de conversa de inglés. Agora seguimos à procura de um deshumidificador e umha lámpada de pé. Se tés  algumha das cousas que solicitamos agradecemos a tua doaçom, assim reaproveitamos e nom acumulamos. Podes contactar com nós enviando um correio a gentalha(arroba)gentalha.org.desumilampara-tronco-2

esta sexta feira 3 de outubro concerto de OS NOVOS e BARBITÚRICOS

29 de Setembro de 2014

Os Novos apresentam “Nom Lugar”, um 10” com sete músicas sem respostas gravadas e misturadas por Hevi no Laboratório Soyuz e masterizadas por Mike Mariconda em Sonic Boom Room. Sete histórias de enganos e frustraçóns, de nom lugares, terras livres e fugidas para adiante, de mudanças baseadas no velho slogan de “Fai-no ti mesmo”.

Os Novos já nom som tam novos mas parecem saídos das ruínas dumha colisom entre três entes discordantes formando umha estrela escura, umha granítica roda de rock’n'roll com arestas punk. Som três homens de regresso ao inferno no que medrarom, três vozes que pelejam entre elas nos saldos dum centro comercial abandonado.

Venhem acompanhados polos Barbitúricos, a pior banda de rock’n'roll do mundo. O típico grupo montado para engatar com as raparigas do lugar. Bebem cubatas de Larios e dam-lhe caladas a joins de haxixe e maria. Também som muito de irem a centros comerciais a comprar trapitos pola sua condiçom de escravos da moda. Proximamente editarám o seu primeiro single.

Para amenizar a festa contaremos com dous DJs de luxo, criados e formados nos melhores bares de punk e rock’n'roll: : Edu o Rápido e Mikel Eskizofrenia.

Entrada: 4€ (sócias da Gentalha e Semente: 3€)OsNovosBarbisPichelDEF