Posts Tagged ‘ rádio ’

Conversa arredor dos outros patrimónios com Carmela Sánchez Arines no Café 1932

26 de Fevereiro de 2016

IMG_20160217_194328_691

Dionisio Cancela, historiador e membro da comissom de História, conversa a eito coa historiadora da arte Carmela Sánchez Arines, sócia de Etnoga (www.etnoga.com) e incansável trabalhadora no estudo, defesa e posta em valor do nosso património menos conhecido.

Temas:
Os outros patrimónios:
-Património funerário.
-Património etnográfico.
-Património lúdico (jogos tradicionais)
-Património industrial (fundiçons de ferro, fábricas de gasosa)
Etnoga (divulgaçom do património, investigaçom histórica, posta em valor)

-Cemitérios históricos de Compostela (Boisaca, do Rosário, da Venerável Ordem 3ª, da Pastoriça…)
-Gestom do Centro de interpretaçom das Torres Arcebispais (Pontevedra)
-‘Atopando Compostela’ (jogo de tabuleiro sobre a toponímia)
-Rutas: A Estrada, vila ‘airista’; Serra do Barbança (nocturna).

Assesoria para o roteiro: Hilda Cuba (arquitecta) e André Seoane (historiador).
Técnico: Jesús Rivera

Música:
– Ana de Palacio, Metralletas Lecheras (Melodias para romanos, Bowery Records, 2011, by-sa 3.0)
– Cementerio caliente, Metralletas Lecheras (Melodias para romanos, Bowery Records, 2011, by-sa 3.0)
– Sinfonia nº 1 “Titan”, de Gustave Mahler, interpretada pola Filarmónica de Viena e Leonard Bernstein (© Unitel, 1975)

Marcos Calveiro no primeiro programa de ‘Café 1932′

26 de Janeiro de 2016

IMG_20160113_191857

A Comissom de História estreia o seu programa de conversas ‘Café 1932′ em Rádio Kalimera, que tem o seu estúdio no nosso centro social. Neste primeiro capítulo Helena Carro e André Seoane conversam con Marcos Calveiro, autor da novela “Fontán” (Ed. Galaxia, 2015), Premio de Narrativa Breve Repsol 2015, um romance que conta a vida de Domingos Fontam, científico ilustrado do século XIX mais conhecido por elaborar a Carta Geométrica da Galiza, o primeiro mapa científico do nosso país.

Durante quase uma hora falam dos aspectos menos conhecidos de Fontam, a laboriosa elaboraçom do mapa, a Francesada, os Séculos Escuros, o Batalhom Literário e o século XIX (a universidade, já que também foi professor de Matemáticas, a ciência e a mulher na ciência).

Música:
– Planeta verde, Fluzo (Fluzo, 2010)
– Cabeza de Estado, Los Iribarnes (Planeta Iribarne, A Regueifa, 2006, CC)
– Música de Fondo Para Estudiar – Música de Fondo Para Entrevistas – Música de Fondo Instrumental https://www.youtube.com/watch?v=PqZV2aqmF-Q

Técnico: Jesús Rivera