Em março, cursos sobre referentes da música tradicional

20 de Fevereiro de 2022

????⚠️???? Em março imos ter duas charlas/cursos bem interessantes!! Ambas tenhem a ver com a documentaçom de mulheres referentes na música tradicional, recolhida na coleçom #chavemestra de ACentral Folque por duas investigadoras da nossa música ????????

Para se inscrever em cursos@gentalha.org

 

263097364_2930363020549261_5631921811426563574_n
➡️  Na quinta-feira 24, ás 20h30, Beatriz Busto dará um charla teórico-prática chamda “Pandereteiras de Mens”: relato de cinco labregas nos palcos. Preço de 3€ para socixs (4€ para nom socixs).
O objetivo principal da palestra é apresentar as principais conclusons da pesquisa etnomusicológica realizada sobre Prudencia, Asunción, Manuela, Adela e Teresa – as cinco bergantinhans conhecidas no mundo do folclore como “Pandereteiras de Mens” – enfatizando a importância que a sua trajetória significou na representaçom cultural, musical, patrimonial da música galega, em chave feminina, a partir dos anos 80.
O trabalho vem apontar também chaves metodológicas e teóricas para o estudo do canto, da dança e da prática instrumental a partir de uma perspetiva de gênero crítica e consciente.
Beatriz Busto Miramontes é musicóloga e antropóloga social pola Universidade Autónoma de Madrid. Obtivo o seu doutoramento em Antropoloxía Social na mesma universidade no 2016 merecendo a cualificación superior. O seu percurso de pesquisa céntrase na construçom cultural da Galiza a partir do uso do folclore durante a ditadura franquista a partir das perspetivas teóricas da Etnomusicoloxía.
 262545359_2930363040549259_7689384585914111440_n
➡️ No sábado 26, de 10h30 a 12h30, Xulia Feixoo impartirá o curso Pandeiro quadrado na terra das FrieirasPreço de 12€ para socixs (15€ para nom socixs).
Obradoiro baseado num longo trabalho de investigaçom sobre este instrumento onde o fío condutor do mesmo será Concha do Canizo, icónica tocadora destas terras. O obradoiro apoia-se en material audiovisual conformado por fotografías antigas, transcriçons musicais e lingüísticas, e as gravaçons originais realizadas por Alan Lomax en 1952 e por compiladorxs Xabier Díaz, Xosé Lois Foxo, Leni Pérez, Miguel Souto, Xisco Feijoó e Guillerme Ignacio.  Os puntos que tratará o curso som:

  • Breve contextualizaçom geográfica e cultural da Terra das Frieiras.
  • Tipologia do pandeiro frieirés.
  • Concha Luis: a última tocadora do pandeiro.
  • Repertório da aldea do Canizo (A Gudinha, Ourense).
➡️ Às 13h apresentará o livro (vinculado ao curso) “Concha do Canizo. Este pandeiro que toco…“. Entrada de balde mas é preciso inscriçom previa em cursos@gentalha.org
Xulia Feixoo é percusionista, historiadora da música e etnomusicóloga. A sua actividade investigadora centra-se no estudo e divulgaçom das músicas de tradiçom oral da Galiza, especialmente a interpretada por mulheres. Sobre esta temática tem publicado livros como Maruxa das Cortellas. Tocadora do pandeiro… Pertence ao grupo de trabalho Arredor da tradición e mais ao comité assesor do Arquivo Sonoro de Galicia, do Consello da Cultura Galega.
???? Inscriçons e mais info em cursos@gentalha.org

 

obradoiro histórico-prático de tamboril

9 de Fevereiro de 2022

Sexta-feira 11 de Fevereiro, de 18h15 a 21h15. Preço 15€ (18€ nom socixs)

És umha pessoa a iniciar-se no tamboril ou mesmo apaixonada dele? Neste monográfico, além de tocar, iremos descobrindo a sua história dentro da Galiza assim como dos quartetos históricos dos que formou parte. Aprenderemos a tocar um par de peças da montanha lucense e saberemos mais sobre a origem das mesmas. A este obradoiro chega com trazer umhas baquetas e algo onde bater, além de ganas de se divertir.

O profe será Gundar, quem conta com 7 anos de estudo de percussom no conservatório de música de Lugo, 4 anos de estudo do tamboril no centro cultural Madia Leva e 2 anos dando aulas deste instrumento no mesmo.

unnamed (2)

projeçom de “O home de pedra”

7 de Fevereiro de 2022

A rua das Casas Reais é umha das mais emblemáticas da cidade de Compostela. Por ela transitam milheiros de peregrinos cada ano e que, junto com os habitantes da cidade, esculpem a histórica pedra de Santiago. Bares, algumha loja histórica que resiste o passo do “modernismo turístico” e unha igreja, conformam o panorama da rua.

Era também o lugar onde Alonso Cortada e Rubia tinham costume de passar as horas do dia. Sentados numha das janelas da abandonada biblioteca, partilhavam com a cidade o seu fermoso vínculo.

Nuk López apresenta no Pichel esta curta-metragem inédita com posterior debate sobre a exclusom social na nossa cidade. Fotógrafa e bióloga de formaçom, é umha artista multidisciplinar. Tense formado em artes cénicas (teatro, circo, clown), música e debuxo.

Sexta feira 11 de fevereiro às 21h30

ohomedepedra

Roteiro garibaldino pola Compostela de Leonardo Sanches deus

1 de Fevereiro de 2022

IMG_20220201_151741_279

Roteiro garibaldino pola Compostela de Leonardo Sanches Deus

Sábado, 5 de fevereiro. 11h30

Saída desde o CS O Pichel (Rua Santa Clara, 21)

Capacidade limitada. Inscriçons em gentalha@gentalha.org

Um roteiro para conhecer Leonardo Sanches Deus, o compostelano que combateu e conviveu com Garibaldi nas guerras da unificaçom italiana (mediados do século XIX) e ao que Manuel Murguía dedicou um capítulo do seu livro Los Precursores.

Neste passeio pararemos nalguns dos lugares ligados à sua presença na sua cidade natal e noutros que nos permitirám evocar as suas vivências coma combatente revolucionário além das nossas fronteiras.

Convidamos-vos a nos acompanhar num percurso biográfico emocionante e trágico que estamos certos nom vos deixará indiferentes.

Avanti!
Ler mais »

CURSOS E MONOGRÁFICOS PARA COMEÇAR 2022

2 de Janeiro de 2022

INFO BÁSICA

  • Dúvidas e inscriçons em cursos@gentalha.org
  • Inscriçons até 2 dias antes do começo de cada curso/monográfico.
  • Para assistir aos cursos é preciso associar-se ao Pichel. Podéis fazê-lo nesta ligaçom.
  • O preço dos cursos é mensal.
  • Depósito dumha mensalidade a maiores a começo do curso, que será devolto no caso de avisar com um mês de antecedência da baixa do curso. O pessoal que fique até o fim do curso nom terá que pagar o último mês graças a este depósito
  • Para assitir aos monográficos nom é preciso associar-se nem pagar depósito.

msg1581311505-56774

 

CURSOS

  • Iniciaçom à dança tradicional de manhã.

Quintas-feiras de 12h30 a 13h30. Começo 13 de Janeiro. Preço 15€. Número mínimo de participantes: 6 pessoas.

Estas aulas estam pensadas para todas aquelas pessoas que desejam entrar a bailar nas foliadas, seráns, ruadas e demais festas populares. Vamos aproximar-nos ao básico da dança tradicional, com a olhada popular e de gênero, explorando a criatividade, espontaneidade e recursos de cada umha. A encarregada será Claudia Fidalgo , uma moça da Canhiça nascida na Bahia, que começou a dançar de pequena, passou por agrupaçons da cidade, e a dia de hoje segue aprendendo com mestras de todo o país.

 

  • Aulas de euskara: da escoita à conversa

Quintas-feiras de 18h a 19h. Começo 13 de Janeiro. Preço 15€
Curso de 3 meses com possibilidade de continuidade até junho.

Animas-te a mover a língua ao ritmo dum dos idiomas mais antigos da Europa? Nas aulas de euskara, mais aló de aprendermos noçons básicas do idioma tanto a nível falado como escrito, centraremo-nos no partilhar cultural e na conversa. Vem com nós! Etorri gurekin!

A profe será Maitane. A sua relaçom com o euskara é nativa, pois medrou numha vila chamada Izarra, ao noroeste de áraba. Fala esta língua desde pequena e deu aulas à cativada para seguir transmitindo-a.

 

  • Inroduçom à língua árabe: um enfoque integrado

Quartas-feiras de 17h30 a 18h30. Começo 12 de Janeiro. Preço 20€ *

Estudar árabe pode soar complicado, e… si que o é, nom vos vamos enganar, mas quem nom gostaria de poder entender umha escritura tam bonita? O ensino tradicional do árabe sempre se centrou no conhecido como “árabe clássico”, mas como bem sabemos no nosso país, a diglossia pode fazer-nos viver situaçons muito incómodas, e isto é umha constante para qualquer estudante de árabe. Já que logo, neste curso enfrentaremos o estudo da língua desde um enfoque novidoso combinando desde o começo o estudo do padrão junto com o do árabe falado do dialecto levantino (Jordânia, Palestina, Síria e Líbano).

Este curso já começou em Outubro mas se tens vontade de te incorporar poderás fazê-lo com a ajuda extra do profe. Assim, em janeiro terás que assistir 30 minutinhos mais e ir às 17h, em fevereiro já seria horário normal de 17h30 a 18h. O preço em janeiro, com estas extras, é de 30€.

Quem te ajudará e acompanhará neste caminho é Luis Melián, filólogo e apaixonado das línguas com ampla experiência em vários países árabes.

 

 

MONOGRÁFICOS 

  • I-Fotom

Monográfico de fotografía com telemóvel. Sábado 22 de Janeiro de 10h30 a 13h30. Preço 35 € (38€ nom socixs)

A melhor câmara de fotos é a que temos nesse momento connosco. geralmente, a do nosso telefone. Neste monográfico aprenderemos a tirar-lhe todo o proveito para melhorar as nossas selfies, fotos artísticas e/ou para redes sociais.

Quem che ensinará é Agostiño, um home feliz que se alimenta da risa. Ademais de na Voz de Galicia, com a que colabora habitualmente como fotógrafo, publicou em meios como El País, Faro de Vigo, Novas da Galiza, Revista Luzes, Tempos Novos, Altaír Magazine, Revista Salvaje, Greenpeace…

Podedes ver parte do seu trabalho na conta de Instagram “Agostime“.

 

  • Obradoiro histórico-prático de tamboril. Nível básico/intermediário.

Sexta-feira 11 de Fevereiro, de 18h15 a 21h15. Preço 15€ (18€ nom socixs)

És umha pessoa a iniciar-se no tamboril ou mesmo apaixonada dele? Neste monográfico, além de tocar, iremos descobrindo a sua história dentro da Galiza assim como dos quartetos históricos dos que formou parte. Aprenderemos a tocar um par de peças da montanha lucense e saberemos mais sobre a origem das mesmas. A este obradoiro chega com trazer umhas baquetas e algo onde bater, além de ganas de se divertir.

O profe será Gundar, quem conta com 7 anos de estudo de percussom no conservatório de música de Lugo, 4 anos de estudo do tamboril no centro cultural Madia Leva e 2 anos dando aulas deste instrumento no mesmo.

REUNIOM ABERTA DA COMISSOM SOBRE TURISTIFICAÇOM

11 de Dezembro de 2021

Nos últimos anos Compostela pudo constatar as consequências da turistificaçom: a expulsom de vizinhas e estudantes da zona velha, a privatizaçom de espaços públicos a cada vez mais invadidos polos terraços dos bares, o feche de comércios tradicionais, a espanholizaçom e a imagem folclorizada das lojas de souvenirs, problemas de convivência, grande precariedade laboral no setor hoteleiro, obras intermináveis pensadas mais para as turistas que para as vizinhas… Mália todas as suas consequências negativas o modelo turistificador nom é questionado e as instituiçons apostam nele como a soluçom para todos os problemas económicos da cidade.
A febre turística nom tem limites. Até a celebraçom do Jacobeu foi estendida por mais um ano, monstrando de novo que mercado e Igreja -um dos poderes tradicionais na nossa cidade- vam da mao. E quando a bolha turística estoure veremos como a cidade ficará sem tecido produtivo nem vida. A pandemia da Covid19 expujo as debilidades económicas dos lugares altamente dependentes do turismo, mas agora já semelha hora de esquecê-lo todo e continuar com o espetáculo.
Deste jeito, da Gentalha do Pichel queremos lançar um espaço para analisarmos esta realidade, criarmos discurso público contra a turistificaçom da cidade e realizarmos atividades que dem vida às ruas de Compostela para além do turismo. Queremos pôr acima da mesa que a monocultura do turismo apenas beneficia o grande capital enquanto expulsa a vizinhança dos espaços públicos e mesmo das suas casas. Queremos espalhar a ideia de que umha outra forma de viver a cidade é possível.
Se queres botar-nos umha mao neste trabalho, achega-te a próxima quinta-feira 16 de dezembro às 20h polo nosso centro social e pensaremos em conjunto.

264811149_3077931272477253_1002299476194085764_n

voltam as reunions das “comis”

23 de Novembro de 2021
A pandemia trouxo cámbios para o nosso estilo de vida. As relaçons sociais, o emprego, a escola, o ócio ou os modelos de consumo mudárom bruscamente e, com eles, o nosso benestar emocional.
- A Gentalha conformamo-la pessoas de pel e ósso que nom fomos nem somos alheias ao cansaço, medos e pressons que a pandemia suscitou.
- Também sabemos que o nosso trabalho é talvez hoje muito mais importante que o era antes dumha crise sociosanitária que acelerou a decadência do sistema enquanto o individualismo e o “salve-se quem puder” atinge uns níveis que nos preocupam.
- É hora de reagir, de apanhar folgos e desconfinar o ativismo. É hora de romper o círculo do vício seriéfilo e de sair à rua para além das esplanadas dos bares.
É hora de empunhar as canetas e cadernos coa ordem do dia, os cartazes, as pandeiretas ou a vasoira para limpar o centro social.
- Nesta semana voltam as comissons da Gentalha a caminhar e esperamos nom fazê-lo sós. Procura a tua e une-te!
SOMAS-TE?
259261249_3065239420413105_8515554640300227755_n258872455_3064050483865332_9200926202271195106_n259115658_3064050533865327_1089009402647146624_n259271088_3064050593865321_3788100617738238522_n258835832_3064050657198648_5406595641344689174_n

Abre-se prazo de candidatura para posto de trabalho no CS O Pichel

1 de Outubro de 2021
Abrimos umha convocatória para a contrataçom dumha persoa liberada no C.S. O Pichel.
Podes enviar a tua candidatura até o 31 de outubro de 2021.
Requisitos:
- Pessoa associada à Gentalha.
- Compromisso com a língua e com o colectivo.
- Valorizará-se a experiência na hotelaria.
 -Valorizará-se a experiência de trabalho em organizaçons ou colectivos sócio-culturais (em defesa da língua, cultura, património, ecologismo, memória histórica da Galiza, feminismo…)
-Valorizarám-se conhecimentos em manutençom das infraestruturas.Para envio da candidatura e/ou solicitar mais informaçom, escreve ao nosso mail: gentalha@gentalha.org

243385586_3024997371103977_7969211648869461508_n

foliada de inicio de curso

23 de Setembro de 2021

FOLIADA VERMUTEIRA

Arranca o curso e chegam mais foliadas!!

Este sábado nom podes faltar à sessom vermute da Gentalha. A partir das 12h30 e até as 17h00, as portas do centro social estaram abertas à música tradicional.

Vem, trai o teu instrumento (e algo de comer) e ganas de foliar!

242739949_3018747428395638_5643642605074747948_n

Cursos do Pichel 2021/2022.

9 de Setembro de 2021

Mais um ano retomamos a nossa actividade cultural a través dos cursos, pois som básicos para a vida do centro social a nível económico, ao tratar-se dum projeto totalmente autónomo e autogerido, mas também a nível associativo, já que deles surdem novas activistas, muitas amizades, ideias que quecem O Pichel e lhe dam razom de ser. É por isso que, também neste ano difícil, queremos voltar a oferecer-vos os nossos cursos, mas sempre tentando cuidar-nos a todxs.

Neste ano seguimos com as medidas que adoitamos o ano passado para garantirmos um espaço de aprendizagem e lecer seguro.

LEMBRAI:
É necessário associar-se ao Pichel (quota mínima de 3€) ——– Cursos sem matrícula ——– Depósito dumha mensalidade a maiores a começo do curso que será devolto no caso de avisar com um mês de antecedência da baixa do curso. O pessoal que fique até o fim do curso nom terá que pagar o último mês graças a este depósito ——– Preço mensal ———– Pagamento na primeira semana de cada mês.

Inscriçons e mais info em cursos@gentalha.org

photo1631099852

CURSOS DE MANHÁ

  • Canto e Pandeireta.  

- Iniciaçom. Segundas-feiras de 11h15 a 12h15. Começo 4 de Outubro. Preço 15€

- Intermédio. Segundas-feiras de 12h30 a 13h30. Começo 4 de Outubro. Preço 15€

As aulas de pandeireta e canto virám da mao de Carme Iglesias, integrante das Pandeireteiras Bouba, da Pontragha. As pessoas velhas da comarca, de quem aprendeu a música, estám presentes no seu modo de tocar e ensinar. De Tordoia portas para fora… Começa a rota da pandeireta!

  • Iniciaçom à dança tradicional.      
    Quintas-feiras de 12h30 a 13h30. Começo 7 de Outubro. Preço 15€. Número mínimo de participantes: 6 pessoas.

Estas aulas estam pensadas para todas aquelas pessoas que desejam entrar a bailar nas foliadas, seráns, ruadas e demais festas populares. Vamos aproximar-nos ao básico da dança tradicional, com a olhada popular e de gênero, explorando a criatividade, espontaneidade e recursos de cada uma. A encarregada será Claudia Fidalgo , uma moça da Canhiça nascida na Bahia, que começou a dançar de pequena, passou por agrupaçons da cidade, e a dia de hoje segue aprendendo com mestras de todo o país.

 

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco.
    Quintas -feiras de 11h15 a 12h15. Começo 7 de Outubro. Preço 15€. Número mínimo de participantes: 6 pessoas.

Se passaste por iniciaçom e queres continuar a aprender pontos para divertir-te nas foliadas este é o teu curso. Será com Claudia Fidalgo.


CURSOS À TARDE

  • Dança tradicional para quem nom sabe nada (Iniciaçom)    
    Quartas-feiras de 19h a 20h ou de 20h15 a 21h15 (Oferecemos duas quendas distintas para iniciar-vos). Começo 6 de Outubro. Preço 15€.

Ensinada por Chus Caramés, que há décadas que anda no baile galego. Começa de mui novinha na agrupaçom folclórica da sua terra natal e a dia de hoje continua aprendendo da man das nosas pessoas velhas e em festas e foliadas. Além de bailadora e pandeireteira, é a organizadora dum evento muito importante para a música tradicional do país, “os Encontros de Música Tradicional de Carvoeiro”.

 

  • Dança tradicional para quem sabe um chisquichinho (Intermédio I)   
    Terças-feiras de 19h a 20h. Começo 5 de Outubro. Preço 15€

Se já foste um aninho a dança ou há tempo que deixaste de bailar e apenas lembras o básico, este é o teu curso! Aqui afiançarás o aprendido e darás umha volta para continuares a desfrutar das festas e foliadas. Quem te ajudará será Carme Campo, quem aprendeu os primeiros pontos no Porrinho, aperfeiçoou-nos num grupo de Compostela e agora mantém-se aprendendo no dia a dia, em seráns e festivais de música tradicional.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisquinho (Intermédio II)    
    Terças-feiras de 20h15 a 21h15. Começo 5 de Outubro. Preço 15€

Se tes dominados os movimentos mais básicos e queres afondar um chisco mais e de jeito mais rápido nos movementos da dança que adoitam sair nas festas e foliadas, e se tes vontade de aprender a complicá-los um chisco mais, prova neste curso! Quem te ajudará será Carme Campo.

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco (Pre-aperfeiçoamento)    
    Quintas-feiras de 19h30 a 20h30. Começo 7 de Outubro. Preço 15€

Depois de afondar de jeito mais rápido nos movementos da dança que adoitam sair nas festas e foliadas, aprenderemos mais movimentos aplicando técnica, complicaremo-los vendo passos mais peculiares de diferentes zonas da Galiza e criaremos os nossos próprios passos baseando-nos nesses movimentos que levamos aprendidos desde que começamos a bailar. A mestra será Carme Campo.

 

  • Dança tradicional para quem sabe um chisco mais (Aperfeiçoamento)    
    Segundas-feiras de 22h a 23h. Começo 4 de Outubro. Preço 15€

Com Fuensanta Nieto aprenderemos alguns bailes de diferentes zonas para podermos continuar a participar ativamente em festas e foliadas, além de aperfeiçoar as técnicas do baile que já temos aprendidas doutros anos.

  • Gaita.    

- Iniciaçom: quintas-feiras de 17h a 18h. Começo o 7 de Outubro. Preço 18€

Este curso centrará-se em adquirir as destrezas básicas do instrumento, assi como noçons mínimas de solfejo e ouvido, e posta em comum dum repertório singelo.

- Aperfeiçoamento: segundas-feiras de 18h a 19h15. Começo 5 de Outubro. Preço 18€

Este curso destinara-se à aprendizagem dum repertório comum e arranjado para a interpretaçom em distintos formatos de agrupaçom.

A professora em ambos níveis será Andrea Pérez, saxofonista e gaiteira iniciada na música tradicional em Santiago de Compostela, recebendo formaçom de gaita com David Canto e Pablo Dalama e estudando saxofom no conservatório professional. Exmembro do grupo folk Sessión Vermú como saxofonista e gaiteira, actualmente forma parte de agrupaçoms como Brassica Rapa ou Biribirlocke, e tem colaborado com a Pablo Castanho-Marcos Pin Jazz Orchestra.

 

  • Canto e Pandeireta.    

Avançado : segundas-feiras de 19h30 a 20h30. Começo 4 de Outubro. Preço 15€

Intermédio II: segundas-feiras de 20h45 a 21h45. Começo 4 de Outubro. Preço 15€

As aulas de pandeireta e canto virám da mao de Carme Iglesias, integrante das Pandeireteiras Bouba, da Pontragha. As pessoas velhas da comarca, de quem aprendeu a música, estám presentes no seu modo de tocar e ensinar. Desde Tordoia portas para fora… Começa a rota da pandeireta!

 

  • Introduçom à língua árabe: um enfoque integrado
    Quartas-feiras de 17h30 a 18h30. Começo 6 de Outubro. Preço 20€
    Curso trimestral com a possibilidade de ampliar 3 meses mais.

Estudar árabe pode soar complicado, e… si que o é, nom vos vamos enganar, mas quem nom gostaria de poder entender umha escritura tam bonita? O ensino tradicional do árabe sempre se centrou no conhecido como “árabe clássico”, mais como bem sabemos no nosso país, a diglosia pode fazer-nos viver situaçons muito incómodas, e isto é umha constante para qualquer estudante de árabe. Já que logo, neste curso enfrentaremos ao estudo da língua desde um enfoque novidoso combinando desde o começo o estudo do estándar junto com o do árabe falado do dialecto levantino (Jordania, Palestina, Síria e Líbano).
Quem te ajudará e acompanhará neste caminho é Luis Melián, arabista e apaixonado das línguas com ampla experiência em vários países árabes.

  • Clube de Desenho Criativo.

Este ano começamos com o Clube Criativo!
A ideia é experimentar com todas as formas de desenhar, lápis de cores, marcadores, tintas, papéis…aprender umhas das outras e partilhar as nossas criaçons co grupo.
Se tes vontade de relaxar a tua mente e desfrutar provando novas técnicas, inscreve-te no grupo.
Nom importa o nível, se apanhas o lápis umha vez ao ano ou se desenhas todos os dias, aprenderemos cousas juntas!
Se queres participar manda um mail a cursos@gentalha.org para ver de fazermos grupo e procurar datas que nos venham bem a todxs.

  • Teatro   
    Terças-feiras de 21h30 a 23h30. Começo 5 de outubro. Preço 25€.

Neste obradoiro pretendemos investigar, através dos vários níveis de expressom que oferece o Teatro, o interior e o arredor de cada pessoa que conforme o grupo, assim como a interacçom do mesmo grupo, concluindo com umha representaçom cénica.

Trabalharemos basicamente cinco vertentes: a expressom (oral e corporal), a imaginaçom e a criatividade, a comunicaçom, o autoconhecimento e a abordagem cultural. Salientar o carácter lúdico e de dinamizaçom social que implica a prática teatral.

Zé Paredes, o professor, é ator e diretor de cena dedica-se à atividade profissional do teatro desde o ano 1996. Iniciou a sua formaçom no Porto, no Ballet-Teatro Escola Profissional. Em 2001 estabelece a sua relaçom com o teatro galego, através dumha coproduçom entre o Teatro do Noroeste, a Companhia de Teatro de Braga e o Centro Dramático Galego. Vive na Galiza desde 2002, tendo sido coordenador da Aula de Teatro da Universidade da Corunha e junto com Mónica Camaño cria o projeto Teatro Nu.

  • Guitarra

Nível I: quartas-feiras de 18h a 19h. Nível II de 19h15 a 20h15. Começo 6 de Outubro. Preço: 23€.

Som ideais quer para gente que começa do zero, quer para quem já tem um nível intermédio. Nelas, trabalharam-se harmonia e técnica de forma conjunta, a un nível mui básico. A ideia é fazer aulas engraçadas onde a criatividade e a improvisaçom tenham um papel importante. Tocaram-se temas de diversos estilos. O professor será Benjamín Vázquez, professor em educaçom musical e atual guitarrista de The Lákazans.