Por umha Galiza livre, longa vida aos centros sociais!

25 de Julho de 2020

Por umha Galiza livre, longa vida aos centros sociais!

Com ou sem pandemia, as pessoas que conformamos a Gentalha sabemos que o 25 de julho nom é um dia qualquer.
O 25 de julho, Dia da nossa Pátria, da nossa Mátria, representa nom apenas a pervivência de um povo que com as suas contradiçons, segue a reconhecer-se como galego mas também e sobretudo, representa o decidido caminhar de múltiplos projetos que acreditamos na necessidade da organizaçom popular para recuperar a soberania da Galiza.
Os Centros Sociais forom e som um agente fundamental na nossa construçom nacional e da Gentalha somos conscientes do longo mais também fermoso trabalho que temos entre maos.
Porque a Galiza transformadora, a Galiza que normaliza a sua língua, a Galiza que constrói a sua própria cultura, a Galiza que conhece a sua história e reivindica às suas luitadoras, a Galiza que aprecia e protege o seu meio natural, a Galiza que combate o Patriarcado, a Galiza que cria a sua própria escola, a Galiza da luita sindical, da solidariedade e a luita antirepressiva, da juventude rebelde, da contrainformaçom…essa Galiza existe, ninguém a pode calar e da Gentalha queremos ajudar-lhe a fazê-la medrar.

Viva a Galiza ceive!
Viva o 25 de julho!
110153374_2681647945438923_6350215711408878517_n