carvalho calero para 2021

24 de Abril de 2020

Carvalho Calero para 2021

Os coletivos e centro sociais abaixo assinados, após mais de umha década de reclamaçons procedentes de diversos coletivos culturais de base para que a Real Academia Galega dedicasse um Dia das Letras a Ricardo Carvalho Calero. vimos a oportunidade de aprofundar na socializaçom da sua figura e da sua obra neste 2020, ao asumir a RAG, por fim, a homenagem que o povo galego deve a um dos seus grandes filhos.

Com a atual situaçom da crise sanitária provocada pola Covid19, a RAG decidiu adiar a homenagem para 31 de outubro.

Queremos manifestar a nossa oposiçom a esta decisom, porque nessas datas é praticamente impossível garantir que a figura de Carvalho Calero seja trabalhada e divulgada como deveria ser.

Por exemplo, achamos que com esta mudança de data nom estaria garantido, no caso do ensino, que é umha das áreas em que mais se trabalha a pessoa homenageada no Dia das Letras com toda a programaçom que leva associada. Sendo a começos do ano letivo e tendo que recuperar parte do currículo sem desenvolver nestes meses, semelha que a presença do autor seria testemunhal.

Aliás a data escolhida coincide com a celebraçom do Samaim, tradiçom na qual o tecido associativo levamos anos trabalhando na sua recuperaçom.

Tampouco está garantido que nessa data seja possível nengum tipo de mobilizaçom. Nom imaginamos um Dia das Letras sem a reivindicaçom na rua da defesa do nosso idioma ou sem as muitas atividades culturais que se desenvolvem por todo o País.

O papel da cultura de base e do reintegracionismo foi , é e será fundamental na divulgaçom de Carvalho Calero.

Sabemos que foi negado durante anos pola RAG, só polo facto de ser reintegracionista. Por isso aguardamos que seja escuitada a demanda de adiar para 2021 esta merecida homenagem, que cada vez conta com mais adesons, incluídas as entidades abaixo assinadas.

Faga o que figer a RAG finalmente, Carvalho continuará a ser lembrado e reivindicado. Continuaremos a difundir a obra de um dos grandes da nossa história contemporánea e destacado teórico do reintegracionismo lingüístico.

Galiza, 22 de abril de 2020

Associaçom de Estudos Galegos
BRIGA
Coletivo Terra (Eume)
CS A Gentalha do Pichel (Compostela)
CS A Revolta (Vigo)
CS Gomes Gaioso (Corunha)
CS Fuscalho (Baixo Minho)
CS Madia Leva (Lugo)
CS O Quilombo (Ponte Vedra)
Escolas de Ensino em Galego Semente
Fundaçom Artábria (Trasancos)
Local Social Faisca (Vigo)
SCD Condado (Condado)

Carballo_Calero,_dunha_foto_con_Cunqueiro_e_Fernández_del_Riego_en_Santiago_de_Compostela